half banner
Eventos
feed   Você está em: Eventos de Teatro
A+ | a-
TEIA (paralaxes do imaginário)
Livre
Publicado em: 16/11/2013 pela equipe do Brasília Web

TEIA (paralaxes do imaginário)

A Cia Nós No Bambu, traz aos palcos da Sala Martins Pena, do Teatro Nacional Claudio Santoro, o seu mais novo espetáculo TEIA (paralaxes do imaginário). Com sua linguagem original, composta por repertório de dança acrobática sobre esculturas artesanais de bambu, a companhia vem surpreendendo o público e a crítica.

   

Local: Sala Martins Penna
Data: de 15/11/2013 a 24/11/2013

SINOPSE

A narrativa do espetáculo propõe uma viagem, onde as intérpretes criadoras da Cia Nós No Bambu expressam-se através da teia da vida. Essa teia é construída com as paralaxes do imaginário, que representam os movimentos alternados do pensamento. São elas que promovem mudanças de significado, criam metáforas visuais e geram realidades alternativas onde o antes e o depois são intercambiáveis. Em uma dimensão onde lembranças se unem aos sonhos, mostrando que as viagens - concretas ou abstratas - não seguem uma trajetória predeterminada, mas são fatalmente condicionadas ao que se encontra na vida, seja no presente, no passado ou na imaginação.

O encanto nesta viagem pela teia é justamente deixar-se levar pelos universos oníricos alcançados através das esculturas de bambu. E perder-se nesses percursos imaginários das infinitas possibilidades de paralaxes.

A teia que a Cia Nós No Bambu tece em seu novo espetáculo é mais um passo na desafiadora construção de uma linguagem poética, estética, rítmica e corporal própria, inspirada diretamente pela relação com o bambu como suporte para a arte.

ESPETÁCULO

A Cia Nós No Bambu, traz aos palcos da Sala Martins Pena do Teatro Nacional Claudio Santoro, nos dias 15, 16, 22 e 23 às 21h e nos dias 17 e 24 de novembro às 20h, seu mais novo espetáculo TEIA (paralaxes do imaginário). Com sua linguagem original, composta por repertório de dança acrobática em esculturas artesanais de bambu, a companhia vem surpreendendo o público e a crítica.

TEIA (paralaxes do imaginário) é o resultado da pesquisa de dois anos de duração - patrocinada pela Petrobras - implementada em duas vertentes principais: pesquisa das esculturas artesanais de bambu e aprimoramento artístico e técnico de suas intérpretes criadoras.

Para dirigir TEIA, a Cia Nós No Bambu convidou o renomado diretor italiano Roberto Magro, que soma em seu currículo inúmeras montagens internacionais de sucesso. Além disso, Roberto é o diretor artístico da Flic Scuola di Circo de Turim - Itália, fundador da companhia Magda Clan e diretor do Festival Brocante, de Val Colvera, Itália.

O diretor, em seu método de trabalho totalmente dedicado ao Circo Contemporâneo ou Cirque Nouveau, somou à equipe, na preparação do elenco, consagrados profissionais internacionais: no mastro, Diogo Dolabella, mineiro formado pela Escola Nacional das Artes do Circo (ESAC)/ Bélgica onde vive há mais de 10 anos; na dança aérea, Elodie Doñaque, trapezista e coreógrafa francesa / venezuelana; na dança contemporânea de solo, o espanhol Jorge Allue; na criação dramática da coreografia, o bailarino, diretor e coreógrafo Roberto Olivan, espanhol que trouxe os conhecimentos da Enclave Arts Del Movimento; e, por último, o eslovaco Peter Jasko, bailarino, professor, coreógrafo e co-fundador do Les SlovaKs Dance Collective, que aprimorou intensivamente a linguagem das intérpretes, dando fluidez aos movimentos acrobáticos.

TEIA (paralaxes do imaginário) é um espetáculo culturalmente híbrido, pois alinha a brasilidade e a brasiliensidade das intérpretes criadoras ao mestre da criação musical contemporânea, o músico e compositor belga Laurent Delforge, responsável pela trilha sonora original do espetáculo. Seu método inovador de compor trilhas para espetáculos de dança e circo, misturando alta tecnologia a genialidade criativa, interpretativa e de execução de músicos e cantores geniais, surpreende pela emoção que provoca. O resultado é a simbiose perfeita entre som, movimentos e dramaturgia musical. Em TEIA (paralaxes do imaginário), Delforge buscou a participação dos músicos brasilienses George Lacerda, Ocelo Mendonça, Pedro Martins e da cantora Andrea dos Santos para imprimir na trilha a sonoridade brasileira que a Cia Nós No Bambu cultiva em seu trabalho.
Embarque nesta nave e vamos viajar!

Data e hora 15, 16, 22 e 23, às 21h
17 e 24 de novembro de 2013, às 20h


FICHA TÉCNICA

intérpretes criadoras Ana Flávia Almeida, Beatrice Martins,
Nara Faria, Poema Mühlenberg e Roberta Martins
direção artística e coreografia Roberto Magro
dramaturgia Intérpretes criadoras e Roberto Magro
material coreográfico Diogo Dolabella, Elodie Doñaque, Jorge Allue,
Peter Jasko e Roberto Olivan
professora de pilates e alongamento Lina Frazão
preparador físico e técnico de ginástica artística Carlos Augusto Bezerra
professora convidada de dança Marcia Duarte
direção musical e trilha sonora original Laurent Delforge
músicos Laurent Delforge, George Lacerda, Pedro Martins, Ocelo Mendonça e Andrea dos Santos
cenogra?a em bambu Marcelo Rio Branco
consultor cenotécnico Daniel Lacourt
pesquisa técnica em aparelho de bambu Carlos Marin e Vitor Marçal
cenotécnico Jackson Prado e Jozimar Marinho
design de luz e operador Higor Filipe
figurino Maria Carmen
execução do figurino Ester Ponte
design de incenso Shirley Lopes
programação visual Alexandre Magno, Rafael Lavenère e Toninho Euzébio
fotogra?a de divulgação Alexandre Magno
eletricista da sessão fotográfica José Bessa
elaboração do projeto Liane Mühlenberg, Nara Faria e Poema Mühlenberg
direção de produção Poema Mühlenberg
produção musical Jenny Choe e Francisco Peçanha
consultor na maestria do bambu Lúcio Ventania
consultor para circo contemporâneo Junior Perim
assessoria de comunicação Anamaria Mühlenberg
assistente de comunicação Ricardo Caldeira
assistente de produção Marina Berezuscky e Nara Faria
produção de base Ricardo Caldeira
eletricista cenotécnico Adílio Ferreira de Souza
apoio na manutenção Adão Francisco da Conceição e Maria Oneide Alves da Costa
produção executiva e captação de recursos Liane Mühlenberg
realização IPAM - Instituto de Pesquisa Ação e Mobilização

A Cia Nós No Bambu é patrocinada pela Petrobras

Fone: Anamaria Muhlenberg
SERVIÇOS

Local: Sala Martins Penna
Endereço: Teatro Nacional Cláudio Santoro - Brasília
Telefone do Local: 61-3325-6256 / 3325-6161
Data: de 15/11/2013 a 24/11/2013
Ponto(s) de Venda(s):
Na bilheteria do Teatro
Valor dos Ingressos:
R$ 40,00 e R$ 20,00 (inteira e meia)

Apresentações gratuitas Estudantes da Rede Pública e Instituições Sociais
Data e hora 14, 19, 20 e 21 de novembro, às 14h30




super banner
Leia mais sobre: Eventos de Teatro
Desenvolvido por: Logo PortalBSB © 2000/2022 - Portal BSB Soluções em Internet | Certificado de Acessibilidade validado pela W3C na modalidade máxima WAI-AAAA e WCAG 1.0 | Certificado de Acessibilidade do código CSS validado pela W3C | Certificado de Acessibilidade validado pelo Acesso Brasil