half banner
Eventos
feed   Você está em: Eventos de Literatura
A+ | a-
Projeto Purpurinar - Projeto de Ledor Virtual Lança Audiolivro
Livre

Galeria de Vídeos do Brasília Web

Publicado em: 21/08/2014 pela equipe do Brasília Web

Projeto Purpurinar - Projeto de Ledor Virtual Lança Audiolivro

Lançamento de audiolivro do Projeto Purpurinar nessa segunda-feira, dia 25 de agosto no Carpe Diem da 104 Sul, às 19h30.

   

Local: Restaurante Carpe Diem
Data: 25/08/2014

O audiolivro Vitrais, por onde a Vida Entra sem Dor é uma coletânea de textos narrados pela autora, Adriana Ribeiro e faz parte do projeto voluntário Purpurinar, que tem o objetivo de difundir a literatura para deficientes visuais e de promover o voluntariado virtual.

A obra é o segundo audiolivro publicado no âmbito do projeto e tem o apoio do FAC, Fundo de Apoio à Cultura do GDF. Em 2009, o título Movimento Íntimo foi o embrião do projeto voluntário Purpurinar.

No site do projeto www.purpurinar.com.br, com um software de gravação de áudio disponível na página virtual, o voluntário realiza a leitura de um texto e o arquivo é disponibilizado na internet para os deficientes visuais.

Além do site do projeto (www.purpurinar.com.br ) que oferece poemas narrados enviados por voluntários pela web, são produzidos disponibilizados gratuitamente no site do projeto. Ainda são oferecidas palestras gratuitas em instituições de deficientes visuais sobre o tema Ampliação da Consciência e Poesia.

A venda dos livros e cd's na noite do lançamento é destinada totalmente à compra de duas máquinas de braile para o Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais do Distrito Federal e para o Núcleo Especial da Escola de Música de Brasília. Além disso, cada obra adquirida permite a doação dos audiolivros aos deficientes visuais.

A verdade, eu não a conheço
Pressinto-a, no avesso das pálpebras
No silêncio raro da mente
No espaço sábio do coração semente

Trecho do poema Oração pela Verdade
Adriana Ribeiro

Sobre a autora

Adriana Ribeiro. Sou jornalista, escritora, artista, compositora, terapeuta corporal. Nascida em São Paulo e criada em Santa Catarina, escrevo poesia desde os nove anos de idade, buscando a investigação do mundo interior e exterior, na observação das experiências e suas respectivas motivações. Em 1996, publico Expia-me, pois meu único perdão é a poesia. O segundo título, Movimento Íntimo (2005), dá origem ao áudio-livro de mesmo título (2009), que é o embrião do projeto voluntário Purpurinar. O terceiro livro, Vitrais: Por onde a Vida entra sem dor, foi lançado em agosto de 2014 em Brasília, e contou com o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura – FAC do Distrito Federal. Tem versão em braile e áudio-livro.

Histórico. Tudo começou quando a escritora e artista Adriana Ribeiro gravou seu primeiro audiolivro em seu próprio pc, como uma forma divulgar a poesia para deficientes visuais. “A poesia, já para quem pode ler, está distante do contexto da maioria das pessoas. Que dirá para quem tem dificuldades visuais”. Assim, Adriana criou o projeto Purpurinar, que também buscou facilitar a vida de quem quer ajudar mas não dispõe de um tempo fixo por semana. No site www.purpurinar.com.br, com um software de gravação de áudio disponível na página virtual, o voluntário realiza a leitura de um texto e o arquivo é publicado na internet.

O voluntário pode escolher o texto a ser lido, pois o projeto também busca colocar o voluntário em contato com a literatura. Caso exista alguma solicitação específica, como leis ou até estudo da gramática para um concurso por exemplo, por parte do deficiente visual, o interessado faz a solicitação por email, é feita a divulgação junto aos voluntários e às mídias sociais para que possamos atender ao pedido. Os áudios são selecionados de acordo com a dicção do voluntário, a qualidade do aúdio, e o conteúdo - logicamente. Os áudios são recebidos pelo email do projeto: projetopurpurinar@gmail.com e, depois de aprovados, os arquivos são disponibilizados na web para download.

A deficiência visual no Brasil. Segundo senso demográfico do IBGE de 2010, entre as pessoas que declararam no Brasil ter deficiência visual, mais de 6,5 milhões disseram ter a dificuldade de forma severa e 6 milhões afirmaram que tinham dificuldade de enxergar. Mais de 506 mil informaram serem cegas. O deficiente visual enfrenta inúmeros obstáculos em seu processo de inclusão na sociedade, sendo para eles ainda mais difícil o acesso à informação, educação, cultura e ao mercado de trabalho. Entre os fatores de exclusão social do deficiente visual, destaca-se a reduzida oferta de literatura em braile, que é o sistema de escrita e leitura que se adequa às suas necessidades.

www.purpurinar.com.br

Fonte: Tato Comunicação
SERVIÇOS

Local: Restaurante Carpe Diem
Endereço: SCLS 104, Bloco D, Loja 1 - Brasília
Telefone do Local: ---
Data: 25/08/2014
Ponto(s) de Venda(s):
Entrada franca
Valor dos Ingressos:
Entrada franca



Desenvolvido por: Logo PortalBSB © 2000/2020 - Portal BSB Soluções em Internet | Certificado de Acessibilidade validado pela W3C na modalidade máxima WAI-AAAA e WCAG 1.0 | Certificado de Acessibilidade do código CSS validado pela W3C | Certificado de Acessibilidade validado pelo Acesso Brasil