half banner
Notícias
feed   Você está em: Notícias de Economia
A+ | a-
Brasília
Publicado em: 27/12/2019 pela equipe do Brasília Web

Saiba como é feita a tributação de Imposto de Renda nos planos de previdência privada

É preciso ficar atento no momento da contratação, pois as vantagens oferecidas por cada plano dependerão do tempo de aplicação e de como o investidor vai receber o benefício.

   

A previdência privada tem algumas vantagens tributárias que funcionam como incentivo ao investimento, frente a outras modalidades de produtos. Apesar disso, na hora do resgate ou do recebimento do benefício, existem especificidades quanto à dedução de Imposto de Renda que precisam ser conhecidas pelos participantes, antes mesmo do investimento.

Ana Rita Petraroli, sócia-fundadora do Petraroli Advogados, explica que nos planos PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), a alíquota do imposto incide sobre o montante recebido (principal acrescido de rentabilidade), enquanto nos planos VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), a incidência do IR se dá apenas sobre os rendimentos. "Essa diferença ocorre porque o PGBL permite a dedução das contribuições no IR, o que não acontece com o VGBL", ressalta a advogada.

Outro fator de diferenciação está relacionado às tabelas progressivas -- a mesma que incide sobre salários, com teto de 27,5% -- regressivas de tributação, exclusivas dos planos de previdência privada com alíquotas decrescentes em razão do tempo de aplicação, podendo variar de 35% a 10%.

Para quem realmente pensa em investir para receber o benefício complementar, a tabela regressiva pode ser a melhor opção. "A tabela regressiva se torna mais interessante apenas se os benefícios mensais não estiverem dentro da faixa de isenção ou da alíquota de 7,5% da progressiva. Caso contrário, e desde que consideradas todas as fontes de renda tributáveis, como aluguéis e aposentadoria do INSS, é mais recomendado optar pela tabela progressiva", destaca Ana Rita. Segundo ela, essa modalidade é mais vantajosa também se o participante do plano resgatar o montante acumulado antecipadamente.

Simular o investimento e conversar com especialistas que possam orientar sobre as características de cada produto é imprescindível para quem deseja fazer um plano de previdência.

Em 27/12/2019
Fonte: Luciana Bulgarelli - AtitudeCom Estratégia em Comunicação
Editado por: Luiz Carlos Gomes - Brasília Web


Leia mais sobre: Notícias de Economia

685 Registros: - Exibindo 1 de 98 - Primeiro - Anterior  - |  1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 |  -  Seguinte - Final

Desenvolvido por: Logo PortalBSB © 2000/2020 - Portal BSB Soluções em Internet | Certificado de Acessibilidade validado pela W3C na modalidade máxima WAI-AAAA e WCAG 1.0 | Certificado de Acessibilidade do código CSS validado pela W3C | Certificado de Acessibilidade validado pelo Acesso Brasil