half banner
Notícias
feed   Você está em: Notícias de Assuntos da Hora
A+ | a-
Brasília
Cuidado: Gatos também sofrem com fogos e foguetes na virada do ano
Publicado em: 30/12/2019 pela equipe do Brasília Web

Cuidado: Gatos também sofrem com fogos e foguetes na virada do ano

Saiba o que fazer para diminuir o sofrimento dos felinos com fogos e foguetes.

   

Quando chega a proximidade da virada do ano todo mundo se preocupa com os cachorros e o dano que o barulho dos fogos e foguetes causa a eles, não é mesmo? Mas, você sabia que os gatos também sofrem muito nessa época do ano?

Isso mesmo! Os gatos têm uma audição aguçada e barulhos fora do habitual perturbam demais os felinos. Eles são animais de rotina e não gostam de nada que causa estresse e saia dessa rotina.

Mas, o que fazer para reduzir os danos com fogos e foguetes? A veterinária especialista em gatos da Clínica We Love Cat, Clarissa Dosualdo, dá as dicas para esperar a chegada de 2020 sem sofrimento.

  • A primeira coisa é não tentar pegar o gato no colo para carinho. Se ele gosta de se esconder, prepare tudo para que ele possa se esconder onde ele tem costume. Faz parte da natureza do gatinho se esconder para se sentir bem nesses momentos. Providencie isso. Num armário, numa prateleira, atrás do sofá ou debaixo da cama.
  • Se você é tutor de gato, já sabe: janelas precisam ter telas e portas devem estar fechadas para evitar que eles fujam nesses momentos.
  • Se ficarem em pânico, os gatos podem se machucar com objetos e obstáculos na frente deles. O ideal é retirar qualquer coisa que possa atrapalhar eles.
  • Não entre em pânico junto com o gato. Se você vai ficar em casa, mantenha a calma e continue conversando, vendo TV, como se os fogos e foguetes não existissem. Os gatos identificam nosso sentimento de pavor.
  • Dê petiscos, brinque com o gato, se ele quiser. Mas se ele preferir se esconder, deixe.
  • Se o gato passará a virada sozinho, uma boa estratégia é deixar TV e ventilador ligados, por exemplo. Podem ser distrações para o barulho dos fogos que vem de fora. Tome cuidado também com vidros, janelas, locais de entrada de som.

Uma boa estratégia para diminuir o sofrimento do gatinho ao longo da vida com esses barulhos é fazê-lo conviver, aos poucos. Coloque, durante o ano, vídeos e sons de trovão, chuva, fogos de artifício, foguete. Vá aumentando, gradativamente, o som e monitorando. O gato tende a se acostumar com o barulho diferente e não sofrerá mais com isso.

Em 30/12/2019
Fonte: Marina Marquez - Arena Comunicação


Leia mais sobre: Notícias de Assuntos da Hora

1105 Registros: - Exibindo 1 de 158 - Primeiro - Anterior  - |  1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 |  -  Seguinte - Final

Desenvolvido por: Logo PortalBSB © 2000/2020 - Portal BSB Soluções em Internet | Certificado de Acessibilidade validado pela W3C na modalidade máxima WAI-AAAA e WCAG 1.0 | Certificado de Acessibilidade do código CSS validado pela W3C | Certificado de Acessibilidade validado pelo Acesso Brasil